Beware the orange smiley faces......by Joyce Oroz





Have you ever wondered about your neighbor’s nocturnal escapades? What’s with people who set a couple plastic jack o lantern candy buckets in front of their house to be festive. People passing by encourage them by saying, “how sweet.” Five years later there are bazillions of round-headed smiley faces pointed at the street. They cover the steps, climb the trees and collect ants. They outnumber the lawn chairs, rose bushes, blades of grass and rocks in the gravel driveway. But don’t worry, China can spit these bright orange babies out in no time. Who knew your water bottles would be turned into smiley-faced pumpkins….all the better to make you smile. Thank you neighbor for the smiles that will hold us until Christmas when you really plug it in!

Los tres cerebros del marketing




Existe una poco conocida tipología del marketing, que apunta a llegar a los niveles cerebrales menos protegidos de los mensajes publicitarios.





Costosas campañas de publicidad son las que desembolsan las compañías para potenciar una marca o un producto, pero son muy pocos los que se dan cuenta de que hay estrategias que aún no se han explorado, como el marketing cerebral.





¿Existe? Sí, aunque suene extraño, algunos especialistas hablan de que hay una parte del cerebro que capta con mayor efectividad los mensajes publicitarios.





Específicamente, los expertos señalan que los seres humanos tienen tres cerebros. Uno es la corteza cerebral, que se dedica al aprendizaje, al pensamiento abstracto y a la imaginación, es decir, donde reside la lógica y el razonamiento. 





El segundo es el cerebro límbico, cuya función es el control de las emociones. Ahí reside el amor, el odio, la felicidad y la tristeza. Por último, el cerebro reptiliano, el más poderoso de los tres, se encarga de la supervivencia y la reproducción.





Según el socio fundador y director general de Leading Vision Technologies en Alicante, Dennis H. Lewis, es a este cerebro al que se debe apuntar, ya que si el “reptiliano” está de acuerdo con determinada tarea o decisión la persona sólo actúa, dando lo mismo la lógica, el sentimiento o cualquier otro factor.





Clotaire Rapaille en su libro “The Culture Code” señala que cada palabra, objeto e idea tiene un significado diferente, con base en el “código” impreso en los niveles límbicos y reptilianos de las personas.





Es por eso que las decisiones de compra se toman con mucho más frecuencia en los cerebros límbicos y reptilianos que en la corteza cerebral. De hecho, el lado “razonable” inventa razones lógicas para explicar las decisiones, más que tomarlas, argumenta Lewis.





Para que una estrategia de marketing sea exitosa, Lewis señala que se deben construir mensajes que lleguen al cerebro límbico y reptiliano. La gran mayoría de estos sólo están dirigidos hacia la corteza cerebral, pero el problema es que en ese lugar existe una enorme sobresaturación de mensajes compitiendo por captar tu atención.





Por eso, un buen mensaje de marketing debe apuntar precisamente a esta región del cerebro.





FUENTE: http://www.emprendedoresnews.com

A peso de ouro

Uma matéria divulgada no UOL informou que cada medalha que o Brasil ganhou nestes murchos Jogos Pan-Americanos Guadalajara 2011 custou R$ 6,5 milhões. Também de acordo com a notícia, R$ 928 milhões foram investido nos últimos quatro anos em esporte pelo governo apenas juntando a Lei Piva e Lei do Incentivo Ao Esporte.

Daí agora vocês pensam: 'Nossa, isso é muito dinheiro. Quase 1 bi só em incentivo ao esporte'. Engano se fizermos uma rápida conta. O Brasil foi representado por 519 atletas no Pan do México. Se dividirmos o dinheiro investido pelo número de atletas da um total de 445 mil reais investido por ano em cada um.



Alto-rendimento em esporte olímpico necessita um grande investimento. Claro, esses 928 milhões não foram divididos de forma homogênea. Eu dúvido que a esgrima, que não tem nem local adequado para treinar, tenha tido um investimento de 445 mil reais por ano em cada atleta.

Apresentar números brutos para analisar o desempenho do País, é fácil. Mascarar a verdade desta forma, também é. Se 50% dos nossos esportistas voltaram com alguma medalha, isso quer dizer que metade apenas está em bom rendimento pan-americano.

Se você levar esses números a nível olímpico, apenas 26% dos atletas estão realmente em alto-rendimento. Ou seja, não há um investimento correto em esporte e estas medalhas estão saindo caras. É necessário um alto investimento em esporte e de forma organizada e bem distribuída. Não adianta nada dar um baile em natação e judô e ser aquela vergonha em outros esportes.

Por favor, tiremos algumas lições com o Estados Unidos para formar grandes atletas e não meras exceções.

Objetivo concluído

Leitores e leitoras do blog, eu conclui um dos meus objetivos neste espaço. Aliás, conclui alguns objetivos da minha vida nesse mês de outubro. Um período extremamente produtivo e de grandes e bons frutos para a minha pessoa.

Consegui o emprego e tudo mais. Mas, aqui, cheguei a meta de um post por dia durante um ano. Lógico, não teve posts durante viagens que eu fiz, mas cheguei aos 365 posts do blog durante esta semana. Tive criatividade e paciência (quase sempre) para escrever todos os dias sobre assuntos variados.

Durante esse tempo, o blog teve N linhas editoriais. Refletiu cada momento da minha vida, o astral de cada dia e hoje vejo o nível de evolução que tive durante esta época e quanto me fez bem este canal de comunicação para com o mundo.

Então, depois desse objetivo concluído, passo a mudar um pouco o espaço. Desculpem, mas o trabalho e outras coisas do dia-a-dia estão me consumindo. Isso impossibilita posts diários. Agora, prometo textos melhores, mas sem periodicidade. Obrigado por todos que, em algum momento, acompanham o 'Devaneios da madruga'. Até o próximo post!

Giving Wings to Creativity Award......by Joyce Oroz






Giving Wings to Creativity Award presented to Paul Burns, October 26, 2011

It’s not everyday the Aromas Hills Artisans give an award to a local business owner. In fact the GIVING WINGS TO CREATIVITY award was created because of Paul Burns, owner and President of Fireclay Tile located in San Jose and Aromas. Today I had the privilege of meeting Mr. Burns and touring his Fireclay factory in Aromas where old toilets, recycled windows and granite dust are magically turned into beautiful ceramic tiles.

The magic happens when the oddest of materials, the sharpest minds and excellent equipment come together. It’s the “green magic” we’ve all been searching for. Who knew it would be found in old toilets? In this case, 1,700 donated toilets from the Monterey Presidio, but don’t worry, replacements are on the way.

Linda Bjornson, president of the Aroma Hills Artisans, presented a handmade wooden box (crafted by Daniel Smith, AHA member) to Paul Burns, owner and mastermind of Fireclay Tiles. It was a joyful moment for all and all because fourteen years ago Mr. Burns had an idea. He wanted to make tiles out of porcelain toilets. He worked at the idea for a year before he found a way to successfully incorporate ground up toilets with other ingredients to make tiles. Now his Debris Series tiles are 70% recycled material.

Mr. Burns ordered a special kiln from Wisconsin. It arrived in four boxcars—yes, it’s that big! How hot is 1,800 degrees? He says his biggest expense is labor. Gosh, do we still make things in America?
YES WE DO!

Paul’s thirty employees turn out thousands of tiles ranging in size from one inch by one inch to fix-foot long solid counter top slabs. The tiles come in a full range of textures, shapes and vibrant colors. The intricate, Italian and Mexican style tiles are hand painted by ladies with steady hands and good temperaments.

The process is beyond interesting. It was wonderful to see American enterprise in action. Hat’s off to Paul Burns.

La apuesta del emprendedor




Muchas veces escuchamos que “estamos viviendo momentos difíciles”. Si nos enganchamos con esa premisa, entonces allí donde miremos aparecerá una mala noticia, adonde paremos la oreja surgirá un rumor, donde olfateemos el aire olerá. Sin embargo, también podemos elegir qué mirar, qué oir, qué oler.





Podemos elegir:





Mirar el bien y no el mal,


Hablar el bien y no el mal,


Oír el bien y no el mal,


Construir el bien y no el mal,


Pensar el bien y no el mal.







El tema es como hacerlo sin ser, ingenuo o directamente, estúpido.





Simple. Como todo en la vida, es una elección y una cuestión de actitud. Todos los días nos rodean lo positivo y lo negativo. Un ying yang de oportunidades o un ping pong de información que puede apabullar. Puedes elegir dejarte apabullar por la caída de la bolsa de Pakistán o tomar inspiración de aquellos que encuentran oportunidades y se animan. Podés escuchar los vaticinios de los opinólogos y econominólogos perpetuos o prestar oído a quienes tienen algo bueno por compartir.





Hay más gente tratando de encontrar oportunidades de las que imaginamos. Entonces, ¿Por que “pegarnos” a los pesimistas? Si hay crisis, no la podemos negar pero la podemos superar. Los tiempos que se avecinan no son difíciles sino fascinantes porque tenemos otra chance de encontrar oportunidades. Y podemos hacerlo. Apostemos a ganador.





FUENTE: Marcelo Berenstein http://www.emprendedoresnews.com

Saída em tempo certo

Após muito se especular e nada a se provar, Orlando Silva deixou o Ministério do Esporte. Ainda acredito na inocência do, agora, ex-ministro. Ele ficou no meio do fogo cruzado entre Governo x CBF/FIFA. Alguém tinha que pagar o pato por encarar a máfia da bola. Mas saiu antes que começassem a inventar mais mentiras.

Assim como Orlando Silva disse, eu também acho que não aparecerá nenhuma prova que o incrimine. O próprio policial já está com medo de falar. Só fala ao Governo o que os advogados mandarem. Além do que, ele mesmo disse que não tem provas concretas que incrimem Orlando Silva ou o antecessor, Agnelo Queiroz.

A investigação deveria estar no outro lado da queda de braço. Andrew Jennings, jornalista britânico da BBC, esteve no Congresso. Fez diversas acusações em relação a Ricardo Teixeira. Até revelou que o governo suíço possui uma 'carta de confissão' do presidente da CBF afirmando que recebeu propinas.

No lado sujo do mundo político, os bons não tem vez. Desta forma, cai Orlando Silva e assim cairão outros que se meterem no meio do caminho de Ricardo Teixeira, Sepp Blatter e outros sujeitos de índole duvidosa que formam a 'alta cúpula' do futebol mundial.

Nancy Oleata in the spotlight.....by Joyce Oroz





I am very excited that Nancy Oleata has agreed to tell us her story, and of course I will share it with you. She is an active member of the Aromas Hills Artisans group and a top-notch artist. The pictures of her work speak for themselves.

Please tell us about yourself, Nancy.

I was born in Washington state but never lived there. I have lived in every city on the Monterey Peninsula and now reside in Prunedale. I have a daughter, a son and 4 grandson's 4,5,6, and 14 and believe me they are a handful. I was married to my husband Mike for 39 years and last May lost him to cancer. Needless to say my life has changed. I now have an urge to make as much art as I can.

Were you always a creative person?

As a child I was always drawing and art was my favorite subject. My father was an abstract painter and I have many memories of him painting in his studio. I graduated from Carmel High and attended MPC for a while before marrying. When my kids were older I got a job as a floral designer and spent 15 years making floral art. It's not as much fun as some people think. Long hours at holiday times and many hours on your feet. I'd always painted at home but never showed anywhere. After taking a glass fusing class at MPC I decided it was time to quit my job and try my hand at art. The Aromas Hills Artisans was a great place to start. I met Linda Bjornson at open studios and she encouraged me to join the group.

What steps did you take once you decided to give up the floral design?


I've taken workshops in L.A. on fused glass lead by Roger Thomas. I just happened to find him on the web and really related to his style. He inspired me to try my hand at landscapes in glass which are so much fun. They take about 4-5 firings in the kiln before I'm satisfied. I also make practical pieces like plates and bowls but from an artists point of view. When I paint I like to start with a photo I've taken or some times a magazine photo will catch my eye. I think I'm a pretty fast painter and can usually finish a painting in a week. After a while you reach the point where you start overworking the piece. That's when it's time to stop. Although I have been know to change a painting after a couple of years if something about it bothers me. I switch back and forth from painting to glass whenever I get tired or frustrated with one.

Nancy, do you have other artistic things you like to do?

My other artistic endevers would be home decorating and gardening. I've taken 25 years to landscape my property and enjoy adding annual color.

Where can people find your lovely paintings and glass work?

I am currently showing my work in The Valley Art Gallery in old town Salinas and hope to expand to other galleries and the web in the future.

Thank you, Nancy for sharing with us today.

¿Por qué el logotipo es tan importante?










Cuando se quiere comunicar la esencia de una marca, el logotipo representa uno de los factores fundamentales, pues en la era de la sobre-información, ellos desempeñan la difícil tarea de conectar al consumidor.






Los logos han sido siempre una abreviatura de nuestras preferencias, un símbolo del valor que define quiénes somos y que prometemos. Durante siglos, los logotipos han formado parte de la “fábrica visual” que nos rodea y nos conecta con el mundo. El logo y los ideales que éste representa son ahora más importantes que nunca y también, por lo tanto, la disciplina que se esconde tras su proceso de creación, asegura Thomson Dawson en Branding Strategy Insider.






Un logo verdaderamente efectivo necesita ser reconocido de manera casi instantánea por el cliente. De lo contario, perderá la batalla frente a la competencia. Crear un logo que proporcione un valor y una diferenciación duraderas a la marca a la que representa requiere talentos y habilidades con un alto nivel de especialización. Asimismo, si el logotipo es capaz de trascender barreras lingüísticas y culturales, su valor aumenta también exponencialmente, explica Dawson.






Lo que el legendario diseñador gráfico Paul Rand decía hace 30 años sobre la importancia del logo en la comunicación de marca. Hoy sigue plenamente vigente: “Si, en el negocio de la comunicación, la imagen es la reina, la esencia de la imagen, el logo, es la joya de la corona”.






FUENTE: http://www.marketingdirecto.com

O Pan 'esquisito'

O Pan de Guadalajara é o Pan esquisito para o Brasil, pelo menos até o momento. Em esportes fortes, como o futebol masculino, o País passa vexame  e é eliminado na primeira fase. Onde ele não tem tradição, aparece alguma surpresa.

No ouro, são, até o momento, dez da natação e cinco da vela, além de vôlei e vôlei de praia, handebol e atletismo. Até aí, tudo bem, o Brasil é forte nesses esportes. Mas, eis que surgem, três medalhas de ginástica rítmica, onde não é lá a especialidade, uma em tiro esportivo, uma em triatlo e uma em patinação.

Com a medalha de prata, outras surpresas surgiram como pentatlo moderno, ginástica de trampolim e luta olímpica. No bronze, a lista aumenta com conquistas no squash, badminton, esqui aquático e esgrima. Valores invertidos.

O que será que nos aguarda para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e Rio de Janeiro 2016? Será que a tradição de boxe, basquete, vôlei, ginástica artística, natação, atletismo, hipismo e vela será surpreendida por novos esportes não-populares entre os brasileiros?

Sem experiência

Não adianta contratar profissionais capacitados, se a alta cúpula é amadora. A Record comprou o direito de transmissão dos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos, fez a festa por ter tirado tais competições das mãos da Globo, mas é um cachorro correndo atrás de carro: quando chega até ele, não sabe o que fazer.

Ainda que tenha montado uma equipe decente, não tem prioridade para o evento. A Globo tem um know-how em transmissão de grandes competições esportivas. Já o canal do bispo prefere dar preferência a programas de auditório do que ao esporte e jornalismo.

Tem que aprender que esporte não pode ser tratado como mais um entretenimento. Não se corta uma transmissão ao vivo para chamar comerciais, não se reprisa jogos em horários que competições estão rolando. Isso é de praxe.

Há muitos outros errinhos básicos cometidos pela emissora, mas que não vale a pena ficar discutindo agora. Eu me lembro da Globo interromper um jogo entre São Paulo x Fluminense, para mostrar uma bateria de atletismo da Olimpíada, porque a prioridade é a competição internacional. Agora, não se pode mostrar um jogo de basquete porque a Ana Hickmann vai entrar no ar.

É isso aí. Se o Pan-Americano é só um aperitivo para o que está por vir em relação ao desempenho de nossos atletas, o mesmo serve para a transmissão brasileira. Ter que aturar o principal evento televisivo depois da Copa Mundo, na Record, vai ser um negócio difícil de encarar.

Las ventajas de una empresa pequeña



Sin duda, cuando una persona decide emprender un nuevo proyecto siempre tiene que hacer frente a un nivel de riesgo e incertidumbre importante, especialmente, en tiempos de crisis. Sin embargo, el grado de riesgo también será mayor o menor en función de cómo sea la empresa que se va a crear. Por ejemplo, un aspecto a tener en cuenta es la cantidad económica que se va a invertir o el número de empleados que se requiere.

En una empresa pequeña el jefe suele ser un empleado más, es decir, con frecuencia realiza la misma función que cualquier otro trabajador. Sin embargo, la ventajas de crear una empresa pequeña son importantes, por ejemplo, es más agradable y también más humano trabajar en un equipo reducido donde todas las personas se conocen bien.

Por el contrario, en una gran empresa la rivalidad, los celos y la envidia por el ascenso pueden provocar una gran tensión en las relaciones interpersonales. El compañerismo suele ser habitual en una empresa con pocos empleados. Por otra parte, en una empresa pequeña la inversión también es menor por lo que con un poco de suerte, una promoción adecuada y un marketing perfecto, el triunfo puede ser la consecuencia directa de la valentía que tuvo el emprendedor.

FUENTE: http://zonaempresas.com

A vitória da democracia

A agência de notícias EFE noticiou que cerca de 90% dos tunisianos foram as urnas hoje para eleger uma Assembleia Constituinte. A primeira grande vitória da democracia desde que Zine El Abidine Ben Ali deixou o poder, em 14 de janeiro.

É um raro momento para o povo desde País, uma vez que que o atual presidente, Fouad Mebazaâ, interino no cargo, é apenas o terceiro da história política. Ben Ali ficou de 1987 até 2011. O antecessor, Habib Bourguiba, foi o líder da Tunísia entre 1957 e 1987, até ser destituído do cargo pelo próprio Ben Ali, na época, o seu primeiro-ministro.

Nessas horas que penso como nós, brasileiros, somos um povo que reclama demais. Lá, sem o voto ser obrigatório, 90% dos habitantes comparecem em busca de uma nova esperança. Aqui, o voto tem que ser na marra porque senão ninguém vai.

Reclamamos de tudo que se refere a política. Lá, eles aturaram décadas de didatura e foram a luta quando a situação se tornou insuportável. Somos reclamões e acomodados. Além de tudo, ingratos. Temos uma democracia consolidada. Podemos realizar as mudanças se tivermos força de vontade para isso. Mas, é sempre mais fácil sentar no sofá, ver o telejornal e só reclamar mais pouco.

The Crocheted Lei story.......by Joyce Oroz




Let the fur fly!

I don’t get around much so you can imagine my surprise—hearing about crocheting on silk flower leis (lays) using fun fur yarns (not stories). When I joined the crocheting leis class I was oblivious to the perils of having three thumbs on each hand. But that’s OK. I have three left feet to match, just don’t put me in a room full of zoomba-jazzer-aorobic-dancers because most people cannot do the moves while laughing hysterically.

Back to the fun fur yarn, no animals were harmed, by the way. It really was fun, chatting with the students and cashing in on 90% of the personal instruction. It seems most women, even some men have experienced needlework in their past. My past was completely deficient in that area, but that didn’t stop me from finishing my furry lei—the next day. I think it is beautiful and I am proud to say I did 22% of the work myself.

My instructor’s name is J. Rosella Myers, a truly gifted creator of beautiful things. She invented the crocheting silk flower leis idea and method, but that’s only one project. Jay works like a sculptor as she designs unique, flowing, dramatic and very beautiful clothing. If you’re looking for Jay, try SueDee’s Quilting and Knitting…..222G, Mt. Hermon Road, Scotts Valley—they know where she is.

Parabéns

Parabéns a duas pessoas. Primeiro ao Lucélia, fi! Por finalmente ter ser formado como médico. Agora faltam poucos para completar o ciclo. Parabéns também ao Ceará por ter sido um dos poucos a cumrpir sua missão hoje. Sem mais a comentar. Abraços!

Desvio de foco

Filho da mídia, nenhum governante sabe como melhor usar os veículos de comunicação do que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Desde sua campanha, com o famoso 'Yes! We can!', ele sabe como manipular a informação.

A pauta principal, antes  da morte do ditador líbio Muammar Kadhafi (escreva como quiser), era a crise econômica. Melhor, era como os Estados Unidos, com a moeda mais forte do mundo, iria se portar perante a um quase colapso do Euro.

Enfim, Kadhafi dominou os jornais, tirou o foco da economia e abriu a brecha para que Obama pudesse plantar uma nova semente que retirasse o foco da imprensa de cima do aspecto econômico do País e do resto do mundo.

Desta forma, Obama anuncia a retirada das tropas do Iraque. Felicidade para as famílias e para o mundo, que acredita no fim da invasão. Felicidade também para a Casa Branca, que tira o foco da situação econômica mundial para colocar ele sobre a questão iraquiana.

Sendo assin, o mundo para de esperar uma posição norte-americana, por hora. Todos comentam que o presidente dos Estados Unidos cumpriu uma promessa de campanha e o mundo segue feliz com um ditador a menos. É, tudo um jogo de cena, mas que funciona bem.

Readaptar

Bom gente, hoje estou um pouco cansado. Queria ter uma disposição para escrever um texto sobre o ditador líbio, morto nesta quinta-feira, mas, a cabeça dói um pouco devido a exaustão do corpo neste final de noite/início do amanhã.

Na verdade, tenho passado por uma mudança brusca em meus hábitos. Uma readaptação ao que eu estava acostumado há cerca de um ano e meio, um pouco mais, atrás. O ruim é não poder mais postar o 'Devaneios da madruga' no horário habitual, com textos elaborados e tudo mais.

De resto, são só fatores positivos. Uma vida com sono correto, sem dormir demais, almoçando e jantando em horários certos também, não abusando mais das saídas pela noite, voltando a ser um pouco mais responsável com tudo a minha volta.

Agora, é terminar esse processo e pegar esse ritmo forte de vida de trabalhador novamente. Pode cansar, pode me deixar sem energias durante a semana mas, de verdade, eu gosto muito disso tudo. Para mim, a vida está a cada dia melhor.

Autumn's Story......a poem by Joyce Riley



Thank you
Shirely Sedgwick
for the picture








AUTUMN’S STORY

By Joyce Riley

September
There’s a touch of autumn in the air,
Not much but it is there,
Soothing a sun parched land.
There’s a ripple in the trees.
Tired leaves are touched
And tinted by a gold tipped hand.
October
The painter’s hand is crimson, now.
Transforming leaves and boughs
From a dusty green to gold and umber.
Frost turns the landscape into flame
And game obeys an urge
Awakened from its slumber.
November
There’s a touch of winter in the air,
Not much, but the trees are bare
And geese have flown from sight
Now, where the picnic table stood
Fire wood is stacked and ready
To give us warmth and fire light.
December
Autumn’s story, now completed,
Will, in time, be repeated.

O poste urinando

A Band vem tentando se reaproximar do apresentador e humorista Rafinha Bastos. A ideia é fazer com que o funcionário da casa desista da ideia inicial de romper contrato com a emissora e tentar levá-lo, aos poucos e com calma, de volta ao CQC.

Esse é o clássico caso do 'poste urinando no cachorro'. Em teoria, a Band seria muito maior do que qualquer empregado. Em situações normais, a recisão já estava assinada e segue a vida com algum substituto. Mas não é bem assim.

Fato é que a audiência do CQC sem Rafinha Bastos já não é a mais a mesma. Apesar de suas grosserias, de opiniões questionáveis e da sua falta de bom senso, ele é o que o povo brasileiro, por bem ou por mal, gosta de ver. Tem a aversão de uns e o carinho de outros. É o chamariz do programa.

Mas, a mágoa de Rafinha por não ter tido apoio da emissora depois da besteira falada ainda pesa. Para Band, pesa o fato de não ter mais Rafinha e com a saída quase certa de Gentili, de que o CQC estará fadado ao fracasso. Vamos aguardar próximos os capítulos.

¿Con qué frecuencia debe actualizar su página web?




Cuando se es administrador de páginas web, una de las inquietudes más grandes de los clientes o el tema que requiere más atención en el proceso es con qué frecuencia se debe actualizar su página web para el Posicionamiento SEO.







Para ser claros al decir actualización hacemos referencia al texto, información o imágenes dentro de la página. En este artículo se hablará sobre el contenido, las palabras reales dentro de su sitio web.


¿Con qué frecuencia se debe actualizar su contenido?





Lo ideal es hacerlo siempre que sea posible, pero sobre todo cada vez que tenga contenido nuevo que valga la pena. En esta etapa, la mayoría de los sitios web deberían ejecutar algún tipo de administrador de contenidos como WordPress y Joomala que sean amigables con el Posicionamiento SEO o simplemente deben contar con opción para personalización. 





Algunos negocios tienen mucho de qué hablar. Usted debe agregar nueva información cuando tenga algo que vale la pena decir o compartir.





Los contenidos deben ser accesibles para todos los usuarios y sobre todo deben ser creados para la lectura apropiada de los motores de búsqueda. El consejo ideal para incrementar el posicionamiento de los contenidos actualizados es colocar enlaces a su nuevo contenido en su página de inicio. Esto garantiza que los motores de búsqueda encuentren tan pronto como sea posible su página web. 





Hay quienes recomiendan invertir la programación que se agrega automáticamente en los enlaces al nuevo contenido a su página de inicio. Asegúrese también de actualizar el código HTML en el mapa de sitio.





No olvide:





•Hacer una auditoría de su contenido existente. Cotejar la calidad que mantienen sus contenidos en la actualidad, baja. Debe tomar la decisión de eliminar o actualizar. Trate de usar una estrategia de direccionamiento de URL para preservar la equidad vínculo existente





•Determine un plan realista y para añadir, actualizar el contenido de manera regular





•Trate de añadir el contenido que es útil con palabras clave







•El contenido más nuevo se puede añadir, mejor. Una a dos páginas nuevas a la semana es lo ideal





•Actualiza tu HTML y XML mapas de sitio y mesa de ping los servicios apropiados. Hacer este proceso automático puede ahorrar tiempo y la monotonía del proceso





FUENTE: http://www.posicionaweb.mx

Fim do mistério

Tanto se falou, tanto se fez, tantas ameaças e a abertura da Copa do Mundo ficou em São Paulo mesmo, como se era previsto. Agora, alguém me responde: de que adiantou aquele lenga-lenga todo envolvendo inúmeras questões e que dizia que São Paulo não seria nem mais sede de Copa?

Senhor Jérôme Valcke veio falar também. Se meteu onde não foi chamaado, falou mal do Morumbi que tinha grande parte da estrutura pronta e aprovou um estádio que nem saiu do chão, literalmente (58% das obras de terraplanagem feitas).

Enfim, cada vez fica mais claro que FIFA e CBF só fizeram um grande jogo de interesses. Ao Ricardo Teixeira, não interessa uma abertura de Copa em um estádio de um clube que se opõe ao seu poder. Para a FIFA, não interessava um estádio onde não precisaria de obras gigantescas e nas quais ela poderia tirar um dinheiro por fora.

No fim das contas, muita fumaça sem fogo. Para os mineiros, dono do único estádio onde as obras vão bem, ficou o prêmio de consolação: uma semi-final. Assim como Brasília, terra dos políticos e sem futebol algum, ficará com outra semi-final.

Para finalizar, aqueles estádios em que realmente as obras até caminham melhor e que foram 'elogiados' pela FIFA, como Fortaleza, Recife e Salvador, receberão a Copa das Confederações, o tal evento teste que não vale nada, mas o Brasil sempre ganha. Viva 2014!

Shaking In Her Flip Flops........by Joyce Oroz




Shaking In Her Flip Flops has been available on Kindle for a week now. Here is an excerpt......

.....“Hi, Trudy, looks like we shop at the same market. How is your husband feeling?”
“Oh, hello, Josephine. Poor Dash is feeling a little overwhelmed right now. He depended on Del for so many things.” Ava appeared and pulled on her mother’s sleeve. “Not now honey,” Trudy said, and then turned back to me. “Dash told me how you helped him with his headaches. In fact, he tried to show me how you do it.” She pointed to a spot above her eyebrow.
“Is this the correct spot?”
“It might be. Just push difference places until he complains. That usually means you found it.” I showed her a few more pressure points and reminded her to push for fifteen seconds no matter how hard Mr. Dubois cried.
“Josephine, where did you learn all this stuff?”
“I heard it on the radio, you know, an infomercial,” I said. Trudy’s smile faded. “So, I guess Delroy is missed by everyone.”
“Not me,” Ava said. Her mother frowned and turned to Ava.
“We don’t speak about Uncle Del that way.” She turned back to me. “He wasn’t a family type of guy.”
The pretty little ten-year-old rolled her eyes and walked further down the aisle ....

O País da Copa

Como todos já sabem mais do que cor e salteado, o Brasil será sede da Copa do Mundo de 2014. Bem sabemos também que a Copa sem um tostão do dinheiro público ficou só na promessa do Lula que foi feita depois do anúncio oficial.

Já estamos cientes também das obras com orçamentos além do necessário, dos atrasos em estádios, de trabalhos em infra-estrutura que nem começaram, da isenção fiscal 100% para a FIFA enquanto o brasileiro paga altas taxas de imposto.

Mas, por fim, chegou o ingrediente que faltava: casos de corrupção envolvendo pessoas diretamente ligadas a organizão do evento. De Ricardo Teixeira, presidente da CBF, não esperaríamos algo diferente, todos nós sabemos do que é capaz. Sempre tem acusações envolvendo seu nome.

A novidade fica a cargo do ministro dos esportes, Orlando Silva. O desvio de verbas de programas não combina muito com o caráter dele, mas a acusação está aí. Chegou a hora de dar explicações e se apurar o fato.

Sendo verdade ou mentira, a Copa do Mundo até agora foi tudo o que o brasileiro esperava. Se tornou um grande mar de escândalos e atrasos, uma festa para políticos e ricos empresários envolvidos nas questões e um grande lamento com uma conta enorme a pagar para nós, cidadãos brasileiros.

La iniciativa emprendedora. Descubre el código secreto

La escuela de negocios suiza, IMD, presenta un estudio que descifra el código no escrito de la iniciativa emprendedora, es decir, qué es, cómo piensa y cómo actúa el emprendedor


En un nuevo negocio emprendedor, muchos consideran que lo más normal es que uno tiene una idea genial, y luego el emprendedor elabora un plan de negocios, consigue donde sea la financiación necesaria y lanza la nueva empresa. 


La escuela de negocios suiza, IMD, nos trae un Estudio que nos descifra el código no escrito de la iniciativa emprendedora, es decir, qué es, cómo piensa y cómo actúa el emprendedor. 


Lo que nos dicen es que la mayoría de las ideas empresariales más grandes empiezan con un problema que puede identificar una necesidad no atendida, un cuello de botella en el proceso o una inconveniencia. 


La idea suele ser simplemente una forma de resolver esto. Vinculado a esto, el profesor Eric von Hippel de la Massachussetts Institute of Technology (MIT) dice que salen más ideas aprovechables de las protestas de los clientes que de los departamentos de investigación y desarrollo. 


Según el Estudio, el emprendedor exitoso sigue cuatro principios básicos que se ven de forma consistente y que son los siguientes: 


Comienza preguntándose quién es, qué conocen y a quién conocen. Con eso, inician algo cerca de casa. 
Fijan una pérdida aceptable, atendiendo al impacto negativo que pueden soportar más que a lo que pueden ganar. La mayoría de emprendedores en trabajo sólo dejan sus trabajos después de que su proyecto ha estado en marcha durante más de un año. 
Son buenos en aprovecharse de situaciones inesperadas, contrario a lo que dicen los libros, que se debe ignorar las anomalías. 
Son hábiles en la formación de asociaciones. Aunque se piensa que los emprendedores son solitarios e independientes, suelen saber cómo establecer vínculos de todo tipo que les ayuda a vender y a desarrollar su proyecto. 


Resaltan que los emprendedores son reactivos y ajustan y modifican sus estrategias basado en la constante información recibida de grupos variados de socios, clientes y amigos, etc. 
La idea es importante, pero lo que es más importante es la ejecución y, para maximizar el éxito del proyecto, es aún más importante la flexibilidad del emprendedor para estar abierto a desarrollar su idea, su plan, su ejecución y su gestión. 


FUENTE: http://www.mipunto.com

Natação dourada

Para quem não foi lembrado, os Jogos Pan-Americanos começaram, com uma festa de abertura na sexta-feira e já com o primeiro fim de semana de competições e medalhas. Infelizmente, sendo transmitido pela Record, é difícil lembrar que tal evento existe.

Mas, tirando o lado negativo, o Brasil está com um saldo até que bom no momento: 2º lugar. São treze medalhas, sendo cinco de ouro, cinco de prata e três apenas de bronze. Como os EUA fazem uma competição a parte, somos o líder moral.

Se de um lado, tivemos a tristeza de ver Diogo Silva ser eliminado antes de poder brigar por alguma medalha no taekwondo, houveram surpresas boas como a medalha de bronze em tiro esportivo, de prata no pentatlo moderno e ouro para ginástica ritmica.

Quem puxa o Brasil, entretanto, ao topo, é a natação. Quatro das cinco medalhas douradas do país, assim como outras quatro de prata, pertecem ao esporte. Os homens são o outro, com Cielo, Felipe França, Thiago Pereira e a equipe de revezamento. As mulheres ficaram prateadas com Joanna Maranhão, Daynara de Paula e a também equipe de revezamento.

Agora temos que continuar torcendo, amanhã temos mais natação, remo, taekwondo e novas medalhas podem surgir. Expectativa boa para a sequência dos jogos. Já que não dá para ser primeiro, rumo ao vice, mais uma vez.

Sem tempo

Galerinha, chegando da festa de casamento da minha irmã e já indo dormir por causa do plantão de domingo. Sinto muito, mas não dá para escrever nada de útil. Hora de tentar ir descansar, se minha cabeça deixar, claro. Pensamentos demais...

Meet author Joseph Valentinetti.....by Joyce oroz



Today I want you to meet a wonderful author, Joseph Valentinetti.

Mr. Valentinetti, please tell us how and why you embarked on a writing career?

I started writing early but without consistency. But I think the `Why’ part of your question is more relevant to me. I’m a reticent person-the quiet type. When people are being kind they say, Still waters run deep. What have you been up to? or, what are you thinking about? are two questions that freeze me up. I’m sure there’s a description of my disorder in the DSM outlining its characteristics, and, I’m just as sure there’s a description in there for each of us. So I write to say what I feel, and, to say what I am unable to say face to face. I’m there in my fiction somewhere, not quite as disguised as in real life but probably not that open either.
By the way, when people are not being kind they say, I bore them to death. Though there is no documented case of someone dying from being in my company.

Mr. Valentinetti, what genre do you prefer to write?

I seem to have ended up in the mystery field. I like my characters to let their weaknesses get them into places they have never been before, and, from where they have to find the strength to get themselves out.

Please tell us about "Tyler Palewhite: Soft-Boiled Detective" your most recent book.

Tyler Palewhite is a salesman who dreams of being a novelist. In fact he’s written a P.I. novel. He’s not having much luck getting it published until he hits on the idea of pretending to be a Private Investigator to impress potential publishers. He makes letterhead, prints business cards and adds it to his resume. As people he knows find out they take it seriously and begin to ask for his help. He tries his hand at a couple of simple things and has some unexpected success. As far is writing is concerned his pretense has the desired effect: It works. He gets a publisher and things are going as according to plan.
Just when he thinks, What Could Possibly Go Wrong? things begin to spiral out of control and he finds himself embroiled in kidnapping and murder. What he does to try and fix things keeps making matters worse.

How many books have you written and which one was the most satisfying to
write?

I have five novels. Each had rewards and punishments unique to itself. I am proud of each of them.

Please tell us about how you write your novels--your methodology.

I start with an idea. I don’t do an outline unless you consider a first draft an outline. I do try to stay true to the original idea. What I mean is, when I get an idea that excites my imagination I stick to it. I know that as I think about it again and again it will start to sound dull and stupid. New modifications will occur to me and new ideas always sound better than old ideas, if for no other reason, their freshness alone will make them appear better. If I let the `new’ take over I’d never get anything done.

Do you enjoy writing?

I can’t top what Woody Allen said: I like everything but the paperwork.
I do like it. I enjoy the solitude. I enjoy the times when the writing takes over and I am nothing more than a conduit. When the thoughts shake free of my grip and I am carried along with them as though we are, my thoughts and I, travelling side by side, driven. I can’t say what that force is, creativity maybe? but it is something that frees me. I enjoy that.
Thanks for interviewing me Joyce.

I am also on Goodreads, Librarything, Facebook and Linkedin.

Where can we find you and your books?

Web Site, Book Purchasing and Blog www.valentinetti.com
Smashwords http://www.smashwords.com/profile/view/valentinetti
Articles etc. http://ezinearticles.com/?=Joseph_Valentinetti
Twitter http://twitter.com/#!/valentinetti

Thank you, Joseph for taking the time to tell us a little bit about yourself!

Reatando

Depois de um longo tempo brigados, Chiquinha e Chaves devem fazer as pazes. Pelo menos, é o que indica Roberto Gomez Bolaños, criador e intérprete de um dos personagens mais famosos da TV. Notícia que é muito bem-vinda.

Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, disse na última quinta-feira, em passagem aqui no Brasil, que tenta reatar a amizade com Bolaños há muito tempo, mas não consegue contato com o veterano ator que já está com 82 anos.

Para Maria Antonieta, Bolaños e Florinda Meza (dona Florinda na série e esposa de Roberto) não se interessevam em reatar a amizade. Avisado pelo twitter, por fãs aqui do Brasil, da iniciativa de Chiquinha, Chaves surpreendeu e disse que a sua amizade está sempre disposta.

Os dois estão brigados há muito tempo por causa de direitos autorais sobre a personagem de Maria Antonieta de las Nieves. Se os dois reatarem, faltará apenas Carlos Villagrán (Quico) e Bolaños voltarem a se falar, mas esse caso é mais complexo.

Primeiros passos

O Brasil volta a dar os primeiros passos confiantes para a conquista do primeiro Oscar do País. 'Tropa de Elite 2: Agora o inimigo é outro' está entre os dez finalistas do cimena da América Latina para concorrer a premiação da Academia.

Vale a pena lembrar que, em dois meses, o filme se tornou o mais visto da história do cinema nacional. Capitão Nascimento e os bordões característicos de todo o longa-metragem caíram nas graças de todo o públikco. Virou uma febre aqui.

Sem contar que a qualidade técnica da película é impressionante, ao mesmo nível de 'Cidade de Deus', indicado para quatro estatuetas, mas com a ingrata missão de ter que vencer 'O senhor dos anéis: o retorno do rei', uma tarefa impossível.

Ele concorrerá com: 'Octubre' (Peru), 'La casa muda' (Uruguai), 'Violeta se fue a los cielos' (Chile), 'Habanastation' (Cuba), 'Los colores de la montaña' (Colômbia), 'Miss bala' (México), 'La hija natural' (República Dominicana), 'Aballay' (Argentina) e 'El rumor de las piedras' (Venezuela).

Mesmo sem ter visto os concorrentes, coloco sempre como principais rivais, Argentina e México que, historicamente, produzem grandes filmes. Mas creio que desta vez seremos nós os favoritos para uma das vagas ao Oscar. Agora é torcer.

5 claves para reorganizar tu empresa

Es importante que de vez en cuando renueves tus estrategias. Aprende a hacer cambios transparentes y correctos.


Es importante que de vez en cuando reorganices tu empresa, ya que así tu equipo de trabajo fortalece las estrategias empresariales y se adapta mejor a los cambios del entorno. A esta conclusión llegó la firma de consultoría global The Boston Consulting Group (BCG).


Según declaraciones de BGC “una reorganización contribuye a que las compañías sean más eficaces y eficientes mediante la búsqueda y la corrección de tareas innecesarias, estructuras poco funcionales y la falta de correspondencia entre estrategias y diseños”.


Además, renovar las estrategias empresariales es fundamental para el éxito de un negocio, porque permiten mejorarlo y potenciarlo.Conoce las claves que dio la Boston Consulting Group realizar una reorganización transparente y adecuada:


1. Conoce la estructura de la empresa: Debes reunirte con el departamento de recursos humanos, para que sepas quiénes son tus empleados y sus cargos. Esto te permitirá saber cuáles son las capacidades de cada uno para poder reubicarlos en otros puestos o incluso ascenderlos.


Ésta puede ser una tarea tediosa, pero piensa en los beneficios que puede tener en tu empresa.


2. Propone nuevos objetivos: Antes de elaborar un nuevo diseño debes establecer desafíos, los objetivos que quieres alcanzar y la planificación de cómo lo vas a lograr. Una vez que tengas claros estos detalles, identifica a los líderes dentro de tu equipo, ponlos en el cargo apropiado y te ayudarán a reestructurar tu empresa.


3. Crea una nueva cultura: Cuando decides rediseñar la empresa tienes que hacer que los empleados se sientan parte de este proceso, ya que finalmente son ellos quienes te ayudan a potenciarla. Por eso, crea una cultura empresarial para que se comprometan en esta nueva etapa que emprenden.


4. Distribuye a los talentos: Elige a personas competentes que sean capaces de desempeñar bien su trabajo, de lo contrario por muy buena que sea la estrategia, fracasará.


5. Evalúa resultados y logros: Diseña una estrategia de comunicación para coordinar, gestionar y evaluar los avances de la re-estructuración  Eso te permitirá estar al tanto de los cambios efectuados y la efectividad de ellos.


FUENTE: http://www.soyentrepreneur.com

Debilitado

Bom gente, por hoje, fiquemos sem postagens. Estou fora de condições normais para postar porque hoje foi um dia de comemorações. Viva o feriado e que venha o plantão! Abraços!

Adeus ao Sá Silva

Há algum tempo atrás se foi Marcos Plonka, dono do persona Samuel Blaustein, famoso nas escolinhas realizadas na rede Globo e, posteriormente, na Record. Agora, quem deixa a turma é José Vasconcellos, o Ruy Barbosa Sá Silva.

O famoso aluno gago, hoje interpretado por Rick Regis, alegrou durante anos as pessoas que assistiam os programas do gênero. Foi uma figura importante para o humor brasileiro e está na turma dos grandes da categoria.

Mas, aos 85 anos, já longe das televisões e sofrendo do mal de Alzheimer e com problemas nos rins, estava debilitado. A morte, devido a uma parada cardíaca, vem como um fim ao sofrimento que enfrentava por anos devido a saúde que já não era das melhores.

Mas Vasconcellos deixa várias aulas a todos os humoristas da nova geração. Ele é considerado por muitos o precursor de shows solos, o stand-up. Criou uma história, marcou uma geração e deixará saudades. Os velhos estão indo, os novos não são 10% deles. É, o humor brasileiro está no fim.

David Coombes talks photography......by Joyce Oroz













Today I turn the spotlight on a distinguished photographer and AHA member, David Coombes. David's pictures capture nature at it's best. He actively supports the Aromas Hills Artisans and the Dragonfly Gallery.

• David, please tell us about yourself and how you became a photographer.

My parents owned a Brownie 44 box camera which I used to play with and then they discovered that it actually had an undeveloped film in it. I was 5 years old at the time and it was fun seeing everything upside down in the viewfinder. It was even more fun when they had it developed – nothing memorable but I was hooked. My first camera was given to me on my 10th birthday and I still have the black and white snaps from the first film in a scrapbook.

• David, I have seen the lovely pictures you take. How do you find such beautiful pieces of nature?

My camera and I tend to hang out together wherever I go, however most of the shots are either in our garden or in the local area. Let’s face it, when you have Moss Landing, Watsonville Beaches and Monterey on your doorstep, how can you go wrong? My favorite times are hanging out in the garden and waiting for that perfect set up with the flowers, bees and butterflies – it is so rewarding when it all comes together.

If you weren’t taking pictures, what would you be doing?

I seem to collect hobbies, so the list includes golf, or more accurately, finding golf balls in long grass and wooded areas close to golf courses. More items on the hobby list include trains – Great western Railway from England, fly fishing – I once caught a 7 pound mosquito  – I enjoy tying my own flies and rod building, and occasional gardening, which includes some bonsai, cactus and succulents.


• Please tell us how the folks find your photos? Will you be participating in any selling events?

I currently host my galleries on photo.net – my page can be found at http://photo.net/photos/davidjcoombes , I have also started a new facebook page at http://www.facebook.com/profile.php?id=100002954118804 Coming soon will be the web site for which the domain name is www.coombesphoto.com (under construction) which may evolve into an ecommerce site, although I am taking orders via email (coombesphoto@gmail.com) and I am exploring some of the stock photo sites such as istockphoto.com, etc.

I have several images on display in the Dragonfly Gallery in Aroma which is being run by Kathryn Aguras.

My work will be for sale at the AHA Holiday Festival at the Aromas Grange, November 19 and 20.

Historia de Google



Google fue fundado en septiembre de 1998 por Larry Page y Sergey Brin, dos estudiantes de doctorado de Stanford.



Sergey Brin (23 años entonces) y Larry Page (24), confundadores de Google y actualmente presidente y CEO, se conocen en un acto que la Universidad de Stanford organiza para los candidatos de su Doctorado en Informática. Ambos tenían un objetivo común, conseguir información relevante a partir de una importante cantidad de datos.


En 1995 Larry y Sergey comienzan a trabajar en el "Digital Library Project" de la Universidad de Stanford. Comenzando a crear un algoritmo para la búsqueda de datos. Esa tecnología que Larry le da nombre de "PageRank" se convertiría mas tarde en el "corazón" que hará funcionar a Google.


En 1996 Comienzan a desarrollar un buscador llamado "BackRub". Y tal como indican en su descripción, BackRub está escrito en Java y Python, y corre sobre varias máquinas. La base de datos está alojada en un ordenador Sun Ultra II con 28GB de disco duro.


En 1997 BackRub se convierte en "Google", el nombre proviene de un juego de palabras con el término "googol", acuñado por Milton Sirotta, sobrino del matemático norteamericano Edward Kasner, para referirse al número representado por un 1 seguido de 100 ceros. El uso refleja la misión de la compañía de la inmensa cantidad de información disponible en la web. Y ese mismo año Larry y Sergey registran el dominio "google.com".


En 1998 Larry y Sergey continuarón trabajando para perfeccionar la tecnología de búsqueda. A pesar de la fiebre "puntocom", no lograbán encontrar inversionistas que financiarán Google, teniendo que conseguir dinero de sus familiares y amigos. Hasta que en el verano de ese mismo año Andy Bechtolsheim (cofundador de Sun Microsystems y vicepresidente de Cisco Systems) les firma un cheque por 100,000 dólares a nombre de "Google Inc.. Sin embargo "Google Inc." no existe, y para cobrar el cheque necesitarón buscar un local y fundar una compañía con ese nombre.


El 7 de diciembre de 1998, Google Inc., ya disponía de oficinas propias en Menlo Park, California.


Google.com tenía visitas por día de 10,000. En 1999 consiguierón 25 millones de dólares de dos importantes inversionistas Sequoia Capital y Kleiner Perking Caufield & Buyers.


Meses después las oficinas en Menlon Park, ya eran pequeñas para ellos, así que se transladaron a Googleplex, la actual sede central de Google en Mountain View, California, con más empleados y respondiendo a alrededor de 500,000 visitas al día. Google es hoy el mejor buscador de la red y el más utilizado.


El 10 de Octubre del 2006 Google adquiere el portal de descargas de vídeo "online" YouTube por 1,650 millones de dólares.


Google, se ha convertido en un emblemático caso de complicidad con la censura al haber pactado con el gobierno de China los contenidos de sus páginas. Actualmente y como parte de su estrategia comercial de búsqueda de nuevos mercados, los resultados del buscador orientados al usuario chino sufren un filtrado previo, que obvia, aunque informando de ello, los resultados que puedan ser contrarios a las políticas del gobierno.


Google gana el Premio Príncipe de Asturias de Comunicación y Humanidades 2008; Premio que le hizo entrega el Principe de Asturias Felipe de Borbón el 24 de Octubre del 2008, en el Teatro Campoamor de Oviedo, España, al cofundador Larry Page y vicepresidente Nikesh Arora.


Google está considerado el mejor buscador de la historia de Internet y permite a millones de usuarios de todo el mundo acceder a conocimientos e información de forma rápida y organizada.


FUENTE: http://www.cad.com.mx

Respeitando a história

A Caixa Econômica Federal resolveu refilmar o comercial sobre Machado de Assis. A propaganda possui uma boa ideia, trazer figuras ilustres da Academia Brasileira de Letras que tiveram participação na Caixa Econômica, mas, eles esqueceram de respeitar a história.

Quase todo mundo sabe que Machado de Assis foi negro. Mas, por um descuido ou por falta de pesquisa mesmo, gravaram um comercial com o ator branco. O fato revoltou principalmente a comunidade negra, com razão.

Inicialmente, a Caixa apenas retirou a propaganda do ar. Desta forma, pararia com o erro. Depois de algum tempo, finalmente, resolveram consertá-lo. Gravaram um outro, ainda com a narração de Glória Pires, mas com um ator negro representando Machado e com Ailton Graça abrindo o comercial.

Bom, pelo menos eles se retrataram. Agora espero que aprendam a pesquisar. Foram procurar o apelido, o testamento do homem, mas esqueceram de coisas básicas como a 'cor' de Machado de Assis.

A ladeira de Adilson

Ao final da Libertadores 2009, Adilson Batista era considerado um dos melhores técnicos do Brasil. Levou o Cruzeiro ao vice-campeonato da Libertadores, ganhou dois estaduais com a equipe mineira e sempre classificou o time para o torneio continental.

Mas, desde a metade de 2010, a carreira de Batista vem em um declínio constante e inexplicável. Após sair do Cruzeiro, migrou para o Corinthians, com a tarefa de substituir Mano Menezes, contratado como novo treinador da Seleção Brasileira.

A aventura no parque São Jorge não durou três meses. O técnico pediu demissão no dia 10 de outubro de 2010, após perder em casa para o Atlético-GO, em casa, por 4 a 3. Já eram cinco jogos sem vitória com a equipe corinthiana. Em 17 jogos, foram sete vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Ainda em 2010, foi contratado pelo Santos. Mas, só assumiria a posição de comandante do campeão da Copa do Brasil em 2011. Mas, novamente, não se deu bem. Assim como em sua passagem pelo Corinthians, foi alvo de críticas por parte de torcida e dirigentes. Sem convencer, principalmente nos jogos pela Libertadores, foi demitido em 27 de fevereiro. Pelo Peixe foram 11 jogos, sendo cinco vitórias, cinco empates e uma derrota.

Ainda assim, gozando das glórias de bons trabalhos em Grêmio e Cruzeiro, chegou ao Atlético-PR, clube para o qual disse torcer.  Entretanto, a má fase continuou e Adilson não resistiu. Deixou o comando do Furacão, na zona de rebaixamento do campeonato brasileiro, em 25 de junho após derrota para o Bahia. Foram 14 jogos, com quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Surpreendentemente, foi contratado pelo São Paulo, onde está atualmente. Em 20 jogos, são sete vitórias, oito empates e cinco derrotas. Adilson continua sendo criticado, dessa vez pela torcida e direção do Tricolor paulista.

O técnico já convive com o fantasma de mais uma demissão. A ideia da alta cúpula do Morumbi seria manter o auxiliar Milton Cruz no lugar até o final do ano. Segundo o blog de Ricardo Perrone, a multa baixa para se livrar de Adilson auxiliaria nesse processo.

Mas, de acordo com Juvenal Juvêncio, presidente do clube, até pela falta de nomes no mercado, Batista será mantido. Agora resta saber o que aconteceu no meio do caminho com um técnico que era promisssor virar alvo de criticas por todos os clubes em que passa. Eu já o considero um fenômeno passar por três grandes paulistas em um ano. Mas, onde se perdeu Adilson Batista?

On Course, by Joyce Riley


The seasons are changing and no one says it better than Joyce Riley........

ON COURSE
By Joyce Riley
Tides ebb and tides flow.
Seasons come and seasons go.
But, in the ebbing and the flowing,
The endless coming and the going,
There is a rhythm and a force,
Which keeps the Universe on course.
No less are we than the tides;
For, that Power, in us, abides.

Gafe africana

A seleção da África do Sul recebeu Serra Leoa para o último jogo do grupo. A partida poderia definir qual equipe estaria na Copa africana de nações. Os Banfana Bafana empataram, sem gols. Deram volta olímpica, dançaram com a torcida e...estavam eliminados!

Após o empate, pensaram os sul-africanos que, após igualar o número de pontos com Serra Leoa e Níger, o saldo de gols definiria a vaga. Mas aprenderam o que acontece quando não lemos todas as regras do contrato e pagaram por isso.

No fim das contas, o que definiria era o confronto direto. A soma de pontos das partidas disputadas entre as três seleções. A vaga não ficou com a África do Sul e nem com Serra Leoa. Caiu nos colos de Níger, que irá para a fase final da competição.

De festa ficou apenas o 'boa sorte' desejado aos Springboks, a seleção do País de rugbi, na copa do mundo do esporte. Mas, apesar dos pesares, a África do Sul não ficará sozinha no grupo das equipes fora do torneio que ocorre no Gabão e Guiné Equatorial. O atual campeão africano Egito, além de Camarões e Nigéria, ficaram de fora da competição.

Entretanto, ficarão marcados como a primeiro selecionado de um País a fazer festa e comemorar bastante a eliminação de uma das principais competições disputadas por eles. 'Perdemos! Que beleza! É festa!'

Sem ideias

Bom, hoje sentei no pc para escrever e...sem ideias! Na verdade, tanta coisa para pensar que não tenho o que escrever de uma forma que seja algo muito produtivo ou que inspire algum pensamento, que seja algo que realmente valha a pena.

Por isso, desta vez, sem posts. Mas, amanhã estarei de volta com algum tema para os leitores do espaço. Peço perdão pela falta de ideias. O cansaço de um novo ritmo de vida faz parte dessa vontade de não pensar em nada e ir descansar. Abraços!

Correios por bem ou por mal

Mesmo com greve e sem chegar a um acordo sobre reajuste salarial, a Empresa de Correios e Telégrafos terá que funcionar com, pelo menos, 40% do seu efetivo. A ordem veio do Tribunal Superior do Trabalho. Uma decisão acertada.

De acordo com o presidente do Tribunal, João Oreste Dalazen, a medida foi tomada para que Federação Nacional dos Trabalhadores de Empresas de Correios, Telégrafos e Similares atenda os serviços essenciais para a população.

O descumprimento da decisão, que foi tomada pela Justiça depois dos sindicatos terem rejeitado o acordo alcançado na terça-feira, levará a uma multa de R$ 50 mil. Claro, porque quando dói no bolso, as coisas funcionam.

Mas creio que é uma ordem correta. Tudo bem eles brigarem por melhores salários e condições de trabalho, mas prejudicar a população por causa disso para forçar um acordo é um golpe baixo. Afinal, o povo brasileiro já toma porrada de todos lados.

Deviam aproveitar e dar essa multa para os bancos que toda hora arrumam um motivo para fazer greve. A paralisação em 100% é uma grande sacanagem com quem não tem absolutamente nada a ver com isso.

Shaking In Her Flip-Flops....by Joyce Oroz


Shaking In Her Flip-Flops is now available on Kindle--be the first to review it! Here is an excerpt from my newest novel in the Josephine Stuart Mystery Series.



“Hi, Thelma, see anything interesting out there?”
“Honey, it’s dark. I check my monitor now and then, but nothings out there yet for at least two miles in every direction. If it picks up something I’ll let you know.”
“Actually, I was wondering if you have a phone I can borrow.”
“Sure, hold the wheel.” She climbed down from her swivel chair and crossed the room.
“I don’t know how to do this … ah, David … help. Wait a minute, I got it,” I said, as I corrected the overcorrection. David flew across the room and slammed into poor Thelma who grabbed David’s pant leg on the way down. They rolled across the floor when the boat crossed the wake I had just created. I felt like I was really getting the hang of driving the boat, when Thelma crawled up to me, her eyes on fire, yanked me out of the chair and grabbed the wheel. David finally stood up looking dazed.
“Josie, take the phone and let’s go see what Wally’s up to.” He handed the phone to me, took my arm and pulled me downstairs to the dining room. Wally was awake, his eyes wide, staring at the chandelier as it made giant swings back and forth.
“I dreamt I was on the Titanic and it was going down.” He wiped his forehead with the back of his leathery hand.
“I think I had that nightmare too,” David said, patting Wally on the back.